O que é a doula?

A doula é uma acompanhante de parto capacitada. Durante a gestação ela vai conversar com a gestante, indicar leituras e vídeos que possam ajudar a mulher na construção e empoderamento quanto ao próprio parto. Durante o trabalho de parto e parto a doula oferece alívio não farmacológico da dor, apoio emocional, físico, encorajamento e incentivo. No pós-parto a doula pode ajudar com dicas de amamentação e cuidados com o recém-nascido.

Que novidade é essa? Isso é moda?

Não mesmo. O papel da doula sempre existiu. Antes da medicalização do parto, no tempo das nossas avós e bisavós, os partos aconteciam em casa, eram um evento familiar. As mulheres experientes da família ajudavam a parturiente dando apoio emocional e físico e também auxiliavam as parteiras nos pormenores (ferver água, buscar panos limpos, etc). As filhas mais velhas da parturiente ou outras parentes se encarregavam de cuidar das crianças. Depois do parto, elas permaneciam na casa da mulher para ajudá-la nos afazeres domésticos e nos cuidados com o recém-nascido no período do resguardo. No início do século XX com a transferência do parto para o ambiente hospitalar, este deixou de ser um evento partilhado entre pessoas íntimas da família para ser apenas mais um procedimento médico. A comunidade de mulheres que ajudava no parto é substituída, quando muito, pela figura da enfermeira. Desde então a mulher tem sido deixada à própria sorte no momento do parto, sendo-lhe negada muitas vezes a presença do(a) companheiro(a).

a presença das mulheres na cena do parto é algo comum na história da humanidade

a presença das mulheres na cena do parto é algo comum na história da humanidade. Fonte: google images

 

O que a doula faz?

A doula oferece alívio não- farmacológico da dor, para isso, ela pode utilizar técnicas de massagens, aromaterapia, exercícios na bola suíça, dentre outras opções. A doula também funciona como suporte emocional e psicológico para a mulher, procurando construir, dentro das possibilidades, um ambiente favorável para o melhor desfecho do parto. Estudos comprovam que a presença da doula:

– reduz a duração do trabalho de parto

– reduz a necessidade de analgesia ou anestesia

– os nascimentos naturais são mais frequentes quando a mulher conta com a presença de uma doula

– a presença contínua de uma doula reduz a incidência de cesarianas

Efeitos psicológicos e a longo prazo em uma mulher que recebeu suporte de uma doula:

Por ajudar na construção de um ambiente favorável ao parto, aumentando as chances de uma experiência positiva, a presença da doula está relacionada com melhores níveis de bem estar no pós-parto, sucesso na amamentação e bom desenvolvimento no vínculo mãe-bebê nos primeiros dias. A mulher no puerpério, se encontra em um período sensível, os cuidados que ela e seu filho receberam durante o parto tem impacto imediato na sua autoestima , na relação com seu/sua companheiro(a), com seu bem estar e nos cuidados com o recém-nascido.

eu e minha doula durante o trabalho de parto em casa

eu e minha doula durante o trabalho de parto em casa (antes de ir para o hospital)

O que a doula faz o marido ou outro acompanhante não poderiam fazer?

Teoricamente sim. Mas a doula é uma profissional capacitada para aquilo. Outro ponto a se levar em consideração é que pessoas muito próximas da parturiente estarão emocionalmente muito envolvidas com a cena de parto, alguns podem ficar nervosos, tensos, ansiosos e pela confusão dos próprios sentimentos não conseguirão dar o apoio emocional que a parturiente necessita. A doula por outro lado é capaz de lidar e entender de forma profissional os sentimentos da mulher e de forma geral saberá usar de artifícios para  controlar as emoções das demais pessoas envolvidas na cena do parto. Possibilitando, assim, que o ambiente do parto seja o mais tranquilo e aconchegante possível para que a mulher se sinta segura. A presença de uma doula permite que os maridos e acompanhantes curtam o parto, se envolvam e participarem emocionalmente, deixando de lado outras preocupações.

doula 4

a doula é uma profissional capacitada para acompanhar partos. Fonte: google images

O que a doula não faz?

A doula não realiza procedimentos técnicos e médicos, como: toques vaginas e ausculta do coração do bebê. Ela também não decide o tipo de parto e nem as intervenções a serem feitas (ou não) na mãe e no bebê. Tudo isto deve estar previamente acordado entre a doula e sua cliente e registrado em um plano de parto.

Nesse link você pode ler mais sobre as funções da doula:

http://www.doulas.com.br/oque.php

http://www.despertardoparto.com.br/doula—o-que-eacute.html

 

Vale a pena contratar uma doula? Faz diferença?

Sim, sim, sim! Faz muita diferença. Não sou a favor do endeusamento da figura da doula, afinal o parto é da mulher e ela é a protagonista daquele momento. Mas, falando por experiência própria: contratar uma doula foi um passo importante na minha preparação para o parto, pois saber da sua presença me deu confiança e tranquilidade para me entregar ao processo do parto e parir. Além de todo o aspecto técnico do alívio das dores, eu sabia que ela seria meus olhos, ouvidos e boca, enquanto eu estava ali na Partolândia. Ela sabia como eu queria vivenciar o parto, ela me compreendia, estava ali para me ajudar a escalar a montanha do parto e ver a vista lá de cima. Deu segurança a mim e a meu marido, pois com o apoio dela o parto foi uma experiência incrível para nós dois.

em todas as fotos do parto eu estou com uma feição exausta e as demais pessoas com semblantes tranquilos. É muito interessante isso! Nessa minha doula tá até rindo... rsrs

em todas as fotos do parto eu estou com uma feição exausta e as demais pessoas com semblantes tranquilos. É muito interessante isso! Nessa minha doula tá até rindo… rsrs